quinta-feira, 6 de julho de 2017

Marido da prefeita de Jati é preso em operação de busca e apreensão no município

 O secretário de Finanças do Município de Jati, Antônio Nogueira Neto, foi preso em flagrante, nesta quarta-feira (05), durante diligências da Operação Abelha Rainha, realizada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através da Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (PROCAP). Antônio Nogueira Neto, que é marido da prefeita de Jati, Maria de Jesus Diniz Nogueira, foi preso por porte ilegal de munição de arma de fogo calibre .38, que se encontrava na residência do casal localizada na sede do município. Além dele, foi preso, por porte ilegal de arma calibre .38, Genival Pereira da Silva, caseiro do sítio da prefeita, que fica no interior de Jati.
A Operação Abelha Rainha cumpriu, durante esta quarta-feira, mandados de busca e apreensão nas residências de Maria de Jesus Diniz Nogueira localizadas em Jati e em Fortaleza, no sítio da prefeita, na Prefeitura Municipal de Jati e na casa do secretário de Educação do Município, Josival Nogueira Vidal, que é tio de Antônio Nogueira Neto. A ação teve por objetivo colher provas para investigação da PROCAP que apura supostas irregularidades na desapropriação de dois imóveis pelo Poder Executivo de Jati. Neles, seriam construídos um estádio de futebol e uma academia de saúde. É investigada ainda a suspeita de enriquecimento ilícito e/ou locupletação de verbas públicas em razão dessa desapropriação.

Além da busca e apreensão, prestaram depoimentos a prefeita e o secretário de Educação de Jati, o oficial do cartório de 1º Ofício de Registro Civil e Registros Públicos de Jati, Wilton da Silva Brito, além de outras testemunhas e investigados. Paralelamente, foi realizada, em Juazeiro do Norte, oitiva de advogados e empresários que também estão sob investigação.  A Operação Abelha Rainha contou com o apoio de integrantes do Grupo de Atenção Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) e de policiais civis e militares.

FONTE -CEARA NEWS

Filho do prefeito de Saboeiro está foragido e genro é preso na Operação Avalanche

 O filho do prefeito de Saboeiro, Gotardo Martins (PSD), está foragido desde a manhã desde a manhã desta quarta-feira (5), quando foi deflagrada a Operação Avalanche no município, que investiga um esquema de fraude em licitações envolvendo postos de gasolina. Uriel Martins é alvo de um dos seis mandatos de prisão preventiva executados hoje pela Polícia Civil (PC).
Além de Uriel, o genro de Gotardo e o empresário Ailo, dono de um posto de gasolina favorecido em licitação na Prefeitura, também foram presos. Na operação, foram executados seis mandatos de prisão preventiva, resultando na prisão de quatro homens, dois ainda estão foragidos. Foram mobilizados, na ação, mais de 100 policiais e oito promotores. Também foram executados 25 mandatos de busca e apreensão.
O procurador Herbert Gonçalves afirma que os alvos dos pedidos de prisão são vereadores, empresários e servidores municipais da Secretaria de Finanças.
Fraude

Além da fraude, o grupo é suspeito de associação criminosa, falsificação de documento particular, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, organização criminosa e exclusão de dados no sistema informatizado. A operação foi realizada por promotores de Justiça e pela Polícia Civil. Mais de 100 policiais foram mobilizados.

FONTE -CEARA NEWS